Sobre-endividamento das famílias portuguesas volta a aumentar

O alerta foi dado pela DECO e é dirigido ao Banco de Portugal. A organização de Defesa do Consumidor está preocupada com as dívidas excessivas das famílias e pede a intervenção do Banco Central para travar a subida do crédito ao consumo.

Apenas no ano passado, quase 30 mil pessoas pediram ajuda à DECO.

Sobre "Jornal da Uma"