Super Bock vai recorrer da multa da Autoridade da Concorrência

A Super Bock foi multada em 24 milhões de euros por práticas anticorrenciais. A multa aplica-se também a um administrador e a um diretor da empresa. De acordo com a Autoridade da Concorrência, a Super Bock fixou preços mínimos de revenda dos produtos em hotéis, restaurantes e cafés, o que restringiu de forma grave a concorrência e prejudicou os consumidores, que de outra forma poderiam ter os produtos mais baratos. A empresa rejeita as acusações e vai recorrer da decisão.