Tréguas no braço de ferro entre os motoristas e a ANTRAM

Ao fim de três semanas de negociações, as partes chegaram a um acordo. Os motoristas de matérias perigosas vão receber 1400 euros a partir de janeiro e desconvocaram a greve. As restantes categorias tiveram aumentos na ordem dos 100 euros.