"Eleições não se ganham nas sondagens, ganham-se nas urnas, dia 6 de outubro"

António Costa desvalorizou os resultados das sondagens. O secretário-geral do PS destacou ainda algumas das metas alcançadas durante a última legislatura.