Em Coimbra, alunos não conseguem ir à escola por falta de transportes

Numa das maiores escolas secundárias de Coimbra, metade dos 700 alunos que deveriam frequentar as aulas presenciais têm faltado. 

Alguns são considerados de risco, mas a maioria não comparece por outros motivos, até por falta de transportes.

Sobre "Jornal da Uma"