“Empréstimo de 200M € qualquer um consegue, numa transferência de mil perguntam-lhe tudo”

João Caiado Guerreiro considera que a banca é altamente paradoxal. O advogado ironiza com o facto de parecer que existe uma facilidade extrema em ver empréstimos de quantias elevadas aceites e quando uma pessoa comum tenta fazer uma transferência de mil euros é alvo de um inquérito

Sobre "21ª Hora"