Escolas: Costa não descarta ensino à distância no próximo ano

O primeiro-ministro considera que o regresso dos alunos do 11º e 12º anos às escolas será um teste para o futuro e não descarta que no próximo ano letivo continue a haver ensino à distância.

As creches reabrem segunda-feira, mas o Governo assegura os apoios aos pais que decidam manter os filhos em casa até ao fim do mês.

Sobre "Notícias"