Escolas privadas: “Tem havido apoios aos alunos, mas a partir de agora as atividades letivas estão suspensas”

Rodrigo Queiroz e Melo, diretor executivo da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo, considera que as aulas deverão regressar no prazo de 15 dias, mas apenas através de ensino à distância.

O responsável garante que nos estabelecimentos de ensino privados tem sido dado “apoio aos alunos” à distância, mas a partir de agora as atividades letivas estão suspensas.

Sobre "Notícias"