Esquartejou cunhado e escondeu o corpo na parede da cozinha

Um tribunal da Madeira condenou a 13 anos de prisão o indivíduo que assassinou o cunhado e escondeu o corpo numa parede da cozinha.

Sobre "Notícias"