Estado Islâmico garantiu que execução de japoneses será sexta-feira

«Estamos a fazer tudo para salvar reféns, mas não cedemos ao terror», disse o PM japonês