Estados Unidos aprovam novo medicamento para o Alzheimer

Há uma nova esperança para os doentes com Alzheimer. A agência norte-americana do medicamento aprovou um fármaco que tem como objetivo atacar a doença e não apenas os sintomas.

Há 18 anos que não aparecia uma nova droga. Mas a aprovação é polémica. Muitos cientistas dizem não haver provas suficientes sobre a eficácia do fármaco

Sobre "Jornal da Uma"