Estivadores em greve exigem vínculo contratual

Os estivadores do porto de Setúbal estão parados. Exigem uma ligação contratual à empresa para a qual prestam serviço em alguns casos há 20 anos. Com o porto de Setúbal sem movimento esta semana, estão a acumular-se automóveis fabricados na Autoeuropa, que poderá ter que parar a produção por falta de espaço para colocar os carros já fabricados.