EUA apelam à Turquia que pare o ataque e falam em "sérias consequências"

Um dos mais próximos conselheiros de Donald Trump apelou à Turquia para que parasse a ofensiva miltiar na Síria.

O secretário de defesa norte-americano avisou que, caso isso não aconteça, a Turquia poderá sofrer "sérias consequências".

É uma posição supreendente, porque foi a decisão dos Estados Unidos de abandonarem o território que deu luz verde à Turquia.

A ofensiva vai no terceiro dia e o número de vítimas não pára de subir.

Sobre "Jornal da Uma"