EUA: Barack Obama condena violência mas elogia manifestantes

Por entre a crescente tensão política nos Estados Unidos, o antigo presidente Barack Obama condenou a violência, mas defendeu os protestos.

Num tom muito diferente, Donald Trump insiste que os Estados Unidos precisam de Lei e Ordem.

No entanto, o presidente norte-americano foi acusado pelo antigo Secretário da Defesa Jim Matiss de estar a dividir o país.

Sobre "Jornal das 8"