EUA: manifestações violentas perdem força

Nas ruas da América, o dia e a noite de quarta-feira foram mais calmos desde o início da vaga de protestos pelo assassinato de George Floyd.

As manifestações continuaram em todo o país, mas os confrontos com a polícia foram poucos. Nova Iorque foi a principal exceção à regra de protestos pacíficos.

Factor decisivo para a acalmia parece ter sido o agravamento das acusações contra o polícia que matou Floyd e a detenção dos outro três agentes envolvidos.

Sobre "Jornal das 8"