Executivo mantém que problemas no BES são de um grupo privado