Exportações do setor têxtil caíram, mas a produção de máscaras aliviou contas

As exportações do setor têxtil português caíram 17% nos primeiros seis meses deste ano.

No entanto, a produção de equipamentos de proteção individual e a capacidade de inovação do setor permitiram a muitas empresas do Vale do Ave sobreviver às perdas provocadas pela pandemia.

Sobre "Jornal das 8"