Fábrica de calçado da "Eureka" encerra e deixa 150 pessoas desempregadas

A fábrica da marca de calçado "Eureka", em Vizela, fechou portas e deixou 150 trabalhadores desempregados. A decisão, comunicada aos funcionários através de carta, gerou surpresa e levanta dúvidas aos funcionários.

Sobre "Jornal da Uma"