Família de grávida que morreu após parto apresenta queixa no Ministério Público

Uma grávida morreu no Hospital São Bernardo, em Setúbal, três dias depois de ter dado entrada para dar à luz.

A filha diz que foi negada à mãe uma cesariana e apresentou queixa no Ministério Público.

Sobre "Jornal da Uma"