Fechar o Algarve? ARS diz que é um “exagero”

A Administração Regional de Saúde do Algarve considera a hipótese de um cerco sanitário na região “alarmista e catastrofista”, sublinhando que o surto de Covid-19 ocorrido em Lagos não é suficiente para que os cuidados de saúde não tenham meios para lidar com a pressão.

Sobre "Notícias"