Fenprof diz que recuo do Governo é "inadmissível"

Professores vão avançar para greve e não estão excluídas outras formas de luta, depois de uma reunião falhada com o executivo nesta segunda-feira