Ficou em liberdade a mulher de 77 anos que incendiou a casa de onde foi despejada

No interior da residência estava o senhorio de sessenta anos. A mulher acabou detida em flagrante delito e terá confessado na altura que incendiou a porta da casa onde viveu para obrigar o senhorio a sair do apartamento. De seguida, a arguida ainda tentou esfaquear o senhorio no momento em que o homem fugia das chamas. Uma intenção que não conseguiu concretizar. Ouvida no tribunal de Almada, a arguida saiu em liberdade, mas terá de fazer apresentações periódicas no posto da PSP da área da residência.