Filha pediu ajuda depois de ter matado a mãe à martelada

O homicídio da professora do Montijo foi um dos casos mais mediáticos do ano passado. A principal suspeita do homicídio, a própria filha, fez publicações no Facebook e deu entrevistas à comunicação social para falar sobre o desaparecimento da mãe.

Sobre "Notícias"