"Florentino trouxe aquilo que faltava ao Benfica"

 

Luís Vilar explicou como a saída de Weigl e a entrada de Florentino foi uma manobra estratégica que fez com que o Benfica pudesse ter uma maior dinâmica ofensiva e garantir uma vitória frente a um Vitória de Guimarães que não entregou o jogo.

Sobre "Notícias"