Foca-cinzenta avistada na Ria de Aveiro: é favor não perturbar o animal

O animal já foi observado pelo Centro de Reabilitação de Animais Marinhos, da Universidade de Aveiro, que considera não existir razões para recolher a fêmea.

Os biólogos pedem assim às pessoas que não perturbem a foca.

Sobre "Jornal da Uma"