Forças de segurança estão a cegar manifestantes no Chile

O Chile atravessa uma enorme onda de tumultos há mais de um mês. Os protestos já causaram mais de vinte mortos e cerca de 2500 feridos. Entre eles estão pelo menos 160 manifestantes que foram atingidos nos olhos por balas de borracha da polícia, o que parece indicar uma estratégia deliberada por parte das forças de segurança. Há ainda acusações de tortura e violação que estão a ser investigadas. Chamamos a atenção para a natureza eventualmente chocante de algumas imagens.

Sobre "Jornal das 8"