Fórmula 1: saídas de pista, chamas e faísca na montanha-russa do Algarve

O Mundial de Fórmula 1 regressa neste fim de semana a Portugal 24 anos depois da última corrida em solo nacional, na altura no circuito do Estoril.

Nesta sexta-feira, o grande circo já rodou no Autódromo Internacional do Algarve, com muita ação à mistura.

Lando Norris, piloto inglês da McLaren, comparou o traçado de Portimão a uma montanha-russa, pelas subidas e descidas constantes e houve saídas de pista para dar e vender, ou não fosse esta a estreia deste circuito no calendário da mais mediática competição de automobilismo do Mundo.

Valtteri Bottas, da Mercedes, foi o mais rápido nas duas sessões de treinos livres. A segunda delas ficou marcada pela colisão entre Lance Stroll (Racing Point) e Max Verstappen. O ambiente aqueceu aí e o holandês da Red Bull não foi meigo nas palavras.

Neste sábado há nova sessão de treinos livres marcada para as 11h00.

Às 14h00 já será a doer, com a qualificação que determinará a ordem de partida para o Grande Prémio que arranca no domingo às 13h10.

(IMAGENS ELEVEN SPORTS)