Funcionário do Tribunal de Loulé acusado de 150 crimes de corrupção passiva

Um funcionário do Tribunal de Loulé foi acusado de 153 crimes de corrupção passiva. É suspeito de fornecer informações confidenciais a troco de dinheiro a uma rede desmantelada pela PJ. São 29 os arguidos num processo de associação criminosa, corrupção e branqueamento de capitais que tinha em vista a aquisição de imóveis e viaturas em hasta pública