Global: Estados Unidos são quem "mais dá corpo às balas" no combate ao terrorismo

Este domingo no seu espaço de comentário semanal "Global", Paulo Portas analisou a morte do porta-voz do grupo Estado Islâmico, o processo de tentativa de destituição de Donald Trump, as sondagens relativamente às eleições legislativas em Espanha, a inexistência de um Brexit mas a marcação de eleições no Reino Unido, a fusão do grupo francês PSA e da Fiat Chrysler e ainda a intenção de Angela Merkel querer lançar a "nuvem europeia". 

Nas suas habituais notas finais, o comentador da TVI respondeu à pergunta "qual será o antecessor da selfie?".

Sobre "Global"