Governo não avança com mais medidas (para já)

O Governo acredita que as medidas em vigor são suficientes mas não hesitará em convocar uma nova reunião no Infarmed, se considerar necessário.