Governos «são parvos» se não apoiarem empresas no exterior

Paulo Portas antecipou o avanço de vários contratos para empresas portuguesas que o acompanham numa visita ao México.