Grécia: "Isto não é à vontade do freguês"

Ex-ministro dos Negócios Estrangeiros António Martins da Cruz defende que quando um país assina um tratado, o governo que vier a seguir tem de aceitá-lo