Greve de funcionários judiciais fechou muitos tribunais

A greve dos funcionários judiciais teve, esta quarta-feira, uma adesão de mais de 90% e fechou mesmo a porta de vários tribunais em todo o país. Os profissionais exigem o descongelamento de promoções e salários, assim como a aprovação de um estatuto digno, entre outras reivindicações. Cerca de duas centenas de funcionários juntaram-se frente ao Parlamento, na altura em que era ouvida a ministra da tutela, Francisca van Dunem, sobre o Orçamento do Estado para 2019.