«Gritos? A culpa é do Nuno Santos, não é dos jogadores do Sporting»

Sérgio Conceição respondeu com ‘gritos’ de jogadores do Sporting no último confronto com os dragões à pergunta que lhe foi feita sobre as queixas dos leões sobre os penáltis a favor do rival.

Na véspera das duas equipas, primeiro e segundo classificado, se defrontarem, Ruben Amorim respondeu de forma bem-disposta ao tema, atirando a culpa dos gritos para… Nuno Santos.

Em relação aos gritos, a culpa é do Nuno Santos. Ele grita muito alto e não havendo público, ouve-se mais. Mas a culpa é dele, não é dos jogadores do Sporting. É só dele», referiu, sorridente.

«Os gritos fazem parte. Quando houver público vai ser completamente diferente e ninguém vai ouvir os gritos. Toda a gente grita, todos os bancos se levantam e vão continuar a levantar. Porque antes dos jogos pensamos: ‘temos de estar mais sentados’; mas depois começa o jogo e esquecemo-nos um pouco. Mas acho que não é um grande caso», acrescentou.