«Guardiola falou do nosso país com palavras menos bonitas»

Palavras de Conceição após o jogo com o City: «A discussão com o senhor José Guardiola [ndr: Josep Guardiola], além da forma como comunicava com os jogadores da minha equipa, como comunicava com o árbitro... Agora compreendo quando se referiu na antevisão ao peso que o banco do FC Porto tinha em relação a isso. Ele foi um exemplo fantástico disso. Além do jogo, falou do nosso país com palavras menos bonitas. Quem não sente não é filho de boa gente, tive de responder. O Guardiola não teve uma postura agradável nem o banco do City. Quem tinha mais razões de queixa era o banco do FC Porto, porque fomos muito prejudicados.»