Guerra comercial com EUA e abrandamento na China atemorizam investidores

A bolsa de Nova Iorque teve na quarta-feira o seu pior dia do ano, com os investidores receosos perante indicadores de que pode estar a chegar uma recessão económica. O indicador mais preocupante é a taxa de juro da dívida americana a curto-prazo ter ficado mais alta do que a taxa de longo-prazo, algo que costuma prenunciar recessões. A juntar à guerra comercial entre Estados Unidos e China e ao abrandamento chinês, a descida do PIB alemão, pela segunda vez em menos de um ano, faz também soar o alerta para a zona euro.