Homem de 60 anos morre depois de três horas de espera nas urgências

Um homem morreu após ter estado três horas e meia no banco de urgência sem ser visto por um médico, no hospital de Beja. O homem passou pela triagem, onde lhe foi colocada uma pulseira amarela, mas não foi atendido de imediato.

Sobre "Jornal da Uma"