Homem que matou PSP em Évora condenado a 15 anos de prisão

O guarda prisional que estava acusado de matar um agente da PSP, em Évora, foi esta sexta-feira condenado a 15 anos de prisão efetiva. A vítima foi atropelada e morreu após tentar impedir uma situação de violência doméstica.

Sobre "Jornal da Uma"