Homicídio de Olof Palme é caso encerrado 34 anos depois

A Suécia abandonou hoje a investigação do assassinato não resolvido do ex-primeiro-ministro sueco Olof Palme, morto a tiro há 34 anos, no centro de Estocolmo.

Sobre "Jornal das 8"