Hong Kong: lei anti-máscaras intensifica protestos

As ruas de Hong Kong viram uma batalha nascer entre cocktails molotov e gás lacrimogénio.

Os confrontos, que duram há quatro meses, intensificaram-se esta sexta-feira com uma estação de metro e vários estabelecimentos foram vandalizados.

A violência foi intensificada por uma lei da guerra colonial que proíbe o uso de máscaras de proteção. A medida não era aplicada há mais de 50 anos.

Sobre "Jornal das 8"