Hospital de Coimbra esteve cinco meses sem aceitar doentes para transplante de fígado

Aconteceu devido a uma bactéria no serviço e à falta de recursos humanos. O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra esteve mais de cinco meses sem aceitar novos doentes para transplantes de fígado. 

A administração do hospital assegura que a situação está agora a regressar à normalidade.

Sobre "Jornal das 8"