Idosa com "falta de higiene" e "feridas profundas" em lar ilegal

A família de uma idosa que estava num lar ilegal encerrado pela segurança social em Montemor-o-Velho está convencida de que a mulher acabou por morrer por causa de lesões contraídas naquela instituição.
A idosa esteve apenas um mês e meio no lar. Acabou por entrar nos hospitais de Coimbra com feridas profundas no corpo.

Sobre "Jornal da Uma"