Incêndio no Palácio da Justiça: “Não houve danos sem ser na cobertura do edifício”

O segundo comandante do Regimento de Bombeiros Sapadores do Porto, Ricardo Pereira, explicou que o incêndio no Palácio da Justiça deflagrou na sequência das obras que se estão a realizar na cobertura do edifício.

Sobre "Jornal 24"