«Com os jornadas a equipa vai ter um ritmo de jogo mais veloz»

O Benfica teve oportunidades para marcar, mas chegou ao final do jogo em casa com o Tondela em branco. Empatou 0-0 e perdeu dois pontos. «As equipas vêm de uma paragem muito prolongada de três meses. Tivemos a oportunidade começar a trabalhar em campo há quatro semanas. Em termos coletivos não tivemos oportunidades de fazer, como na pré-época, sete, oito ou nove jogos-treino», prosseguiu.

Apesar do resultado negativo, Bruno Lage considera que a sua equipa tem margem para crescer e melhorar. «A equipa ainda vai crescer, não tanto na dinâmica, mas com um jogo mais rápido, mais veloz. Queremos crescer nas segundas bolas, a tirar os adversários da frente em um para um. Jogámos nos corredores, jogamos por dentro e jogamos por fora. Estivemos sempre equilibrados, nunca permitimos que o Tondela saísse em transição, que é o seu forte. Estivemos a jogar a ultima meia-hora no campo do adversário, mas não chegou», destacou.