Inspetor-chefe da PJ disse que falava com traficantes "informadores"

Os inspetores da Polícia Judiciária que ficaram em prisão preventiva no âmbito da Operação Aquiles admitiram durante os interrogatórios desta semana que tiveram encontros com traficantes de droga, mas negaram que estivessem em causa atos de corrupção