Inspetores do SEF suspeitos de matar imigrante vão aguardar julgamento em prisão domiciliária

Polícia Judiciária juntou provas com autópsia, como as filmagens das câmaras de videovigilância e até uma carta anónima. Presentes a juiz, os suspeitos ficaram em silêncio

Sobre "Jornal das 8"