"Insulta-nos a todos que estivadores sejam contratados ao turno"

Coordenadora do Bloco de Esquerda diz que não é admissível ter um porto com 300 trabalhadores, em que só 30 têm contrato de trabalho, e afirma que "não é claro" porque é que negociações pararam