"Americanos têm razões para estar zangados"

No discurso de vitória, Hillary Clinton defendeu que a mudança está nas mãos de todos, numa América que tem de agir como nação, sem divisões