Argentina: prisão perpétua para 29 responsáveis por crimes da ditadura

Na Argentina, foram condenados a prisão perpétua 29 pessoas por crimes em massa durante a ditadura militar. Entre os condenados estão, pela primeira vez, vários dos envolvidos nos chamados "voos da morte", em que presos políticos eram sedados e lançados ao rio da prata ou ao mar. Foi o maior julgamento da história do país