"As pessoas esquecem-se que quando partilham no WhatsApp podem estar a cometer ilícitos"

Caso de mulher que se suicidou depois de um vídeo sexual ter ficado viral em grupos do WhatsApp ilustra o perigo de partilha de informações nas redes sociais. Mas esta facilidade na recolha de imagens e a sensação de anonimato conferida pelo telémovel podem acabar em situações dramáticas e mesmo criminosas.